segunda-feira, 1 de novembro de 2010

'Tragam-me então a cocaína s.f.f.'

Ela leu algures que o fim de uma relação provocava sintomas fisicos parecidos com a abstinência de um viciado em cocaína. Parece que as zonas do cérebro afectadas são as mesmas e reagem de forma semelhante... E Ela chega à conclusão que o amor é um vicio... ou será uma droga?
É tristeza, falta de apetite, choro compulsivo, querer esquecer e não conseguir, fadiga, pesadelos, insónias, astenia alternada com agitação, isolamento quando se termina uma relação com alguém de quem se gosta, de quem se ama?
Primeiro há um crash (com a cocaína dura entre 9h a 4 dias), um estado de depressão, insónia, irritabilidade, ansiedade, falta de apetite, e um desejo de voltar atrás. Imaginam-se 'filmes' e hipóteses e possibilidades...Quem sabe se não serão apenas ideias paranóides.
Vem depois a abstinência... uma a dez semanas dizem os especialistas em cocaína. E os sintomas são parecidos... Perda da capacidade de ter prazer, mudanças de humor...
Finalmente a extinção... E os especialistas ainda não determinaram o tempo desta fase... É a tão desejada recuperação do estado afectivo.... Os estímulos condicionados pelo consumo desta droga  podem desencadear um estado de necessidade, de busca... E pode acontecer a recaída.
E Ela sabe que não quer uma recaída...Não quer mais ir pela busca do amor...

'Tragam-me então a cocaína s.f.f.'

4 comentários:

Hapi disse...

Obrigada.
E força!

Joana Carvalho disse...

gostei da comparaçao! :)

obrigada querida *.*
passa pelo meu outro blog.. segue e deixa a tua opiniao :)

Anónimo disse...

Modo actual (ms): triunfante! fase actual "extinção"?! :)
Gosto das tuas ´histórias-deles´, tão nossas...

Moshi

razz disse...

e eu digo-te 'entao traz lá a cocaina' fumemos juntas!